O que são algoritmos de recomendação e por que importam?

Algoritmo de recomendação

O que são algoritmos de recomendação e por que importam?

O sucesso de um e-commerce depende muito de sua capacidade de aproveitar os algoritmos de recomendação a favor dele. Assim, a experiência do cliente melhora e se sente inspirado a comprar mais.

Você já ouviu falar em algoritmos de recomendação? Certamente você já percebeu que a maioria das lojas virtuais sempre oferece produtos relacionados ao item originalmente escolhido. O quanto mais relevante for essa recomendação, maiores as chances da compra aumentar.

Os algoritmos de recomendação são responsáveis por oferecer essas sugestões ao se basear em algum critério predefinido. Para que seja possível ter sucesso em sua loja, é preciso escolher a configuração certa para esse algoritmo. Assim, preparamos este post para informar você melhor sobre o assunto. Confira!

O que são algoritmos de recomendação e como funcionam?

Algoritmos de recomendação são softwares que se baseiam em determinados critérios para recomendar produtos para os visitantes de um e-commerce. Por meio da tecnologia, eles conseguem decidir pelas melhores recomendações baseando-se no tipo de produto visualizado.

Com instalação relativamente simples e um funcionamento que não requer manutenção constante, os algoritmos de recomendação se conectam com o banco de dados do e-commerce e levam em consideração as informações de produtos que estão cadastradas.

Veja a seguir os principais tipos de recomendação que esses algoritmos são capazes de produzir:

Conteúdo

Uma possibilidade disponível nos algoritmos de recomendação é baseado em conteúdo. Em resumo, é capaz de exibir itens diretamente similares aos visualizados pelo visitante.

É o caso de, por exemplo, sugerir filmes em Blu-Ray como recomendações para quem está visualizando aparelhos de TV ou de Blu-Ray.

Colaborativo

Esse tipo de recomendação é feito ao categorizar o público do seu site em grupos e oferecer sugestões equivalentes a eles. É uma forma de aprender com os hábitos dos seus clientes e contar com uma solução adequada para o perfil específico de público que tem contato com a sua loja.

Por exemplo, se o algoritmo perceber que homens com idades entre 20 e 30 anos costumam comprar mais eletrônicos, mais sugestões como essas serão exibidas.

Como usar algoritmos de recomendação da forma correta?

Bons algoritmos de recomendação são ferramentas essenciais para o sucesso de um e-commerce. É possível aumentar consideravelmente o ticket médio de uma loja virtual ao recomendar os produtos certos para complementar uma compra que já está sendo feita.

Veja a seguir algumas boas práticas do uso de algoritmos de recomendação:

Conheça o seu público

Recomendações somente funcionam se você conhece a audiência que as receberá. Por mais que os algoritmos de recomendações funcionem sozinhos, ainda assim você precisa configurar os critérios que serão usados. Para isso, é fundamental conhecer bem o perfil do seu cliente, suas preferências e hábitos.

Aprenda mais sobre seus clientes

Conhecer bem o seu público é um ótimo primeiro passo, mas isso precisa passar por uma boa evolução. Conte com os esforços adequados para armazenar dados relevantes sobre os seus visitantes. Essas informações serão decisivas para você configurar os seus algoritmos de recomendação.

Atualize seu banco de dados

Não contar com uma boa gestão de estoque ou de banco de dados de produtos pode comprometer a qualidade dos seus resultados usando algoritmos de recomendações. Afinal, o sistema precisa de informações corretas para fazer suas sugestões aos visitantes. Certifique-se de que seus itens estejam devidamente cadastrados.

Os algoritmos de recomendação podem ajudar uma loja virtual a alcançar resultados nunca antes possíveis graças ao poder da tecnologia. Aumentar o ticket médio pode ser apenas uma questão de fazer a sugestão certa no momento adequado. Considere os benefícios desse recurso e implemente essa possibilidade em seu e-commerce.

Fique por dentro de mais ideias inovadoras como essa. Basta cadastrar o seu e-mail no blog e assinar nossa newsletter para receber as nossas novidades.