Como Melhorar a Otimização Do Seu Site – Não perca 3 dicas de ouro

Otimização do site

Como Melhorar a Otimização Do Seu Site – Não perca 3 dicas de ouro

A internet já faz parte da vida cotidiana das pessoas e é essencial para as empresas, mesmo aquelas que não trabalham diretamente com e-commerce. Hoje, não estar na internet é não estar no mundo dos negócios. Para uma marca, ter uma presença online significa ser ativa nas redes sociais, produzir conteúdo interessante e, claro, ter um site. Mas não basta apenas criá-lo, é preciso trabalhar na otimização do site.

Otimizar um site significa implementar técnicas que foquem em um melhor ranqueamento pelo Google, na melhoria do tráfego orgânico e na diminuição da taxa de rejeição. Quanto mais atraente e funcional for o site de uma empresa, melhores são as chances de conversão. Afinal, com as facilidades que experimentamos atualmente, pesquisar a empresa antes de consumir se tornou um hábito comum entre os brasileiros.

Para não ficar para trás, veja na continuação de nosso artigo 3 excelentes dicas para otimizar seu site!

1. Design intuitivo

A aparência de um site é muito importante. Ela é o primeiro impacto que o potencial consumidor tem com sua marca ao entrar na página e precisa aproveitar o momento. Além disso, o design é essencial para aprimorar a experiência do usuário e ajudar a guiar as ações em busca de conversões, como se inscrever para receber push notifications!

Um design intuitivo prima por ser limpo, claro, objetivo e que tenha em si a identidade visual da empresa, para gerar a identificação imediata. As informações são dispostas de maneira que sejam facilmente encontradas.

2. Técnicas de SEO

As chamadas técnicas de SEO (Search Engine Optimization ou Optimização de mecanismos de buscas) são uma série de critérios utilizados para aumentar o ranqueamento do site nas páginas de busca, especialmente o Google. O SEO é, portanto, a compreensão do funcionamento do algoritmo de busca e ranqueamento para posicionar seu site entre os primeiros resultados.

Tratar de SEO é um mundo por si só. Muitas empresas, especialmente as grandes, têm setores e profissionais dedicados unicamente a isso. Isso não significa, no entanto, que seja necessário tanto investimento para ter um SEO eficiente.

O uso de palavras-chaves adequadas, escaneabilidade dos textos, linkagem interna e externa, diminuição do tempo de carregamento do site, uso de meta-description, baixa taxa de rejeição e atualização constante estão entre os principais critérios que o Google usa para ranquear os sites. Tomar esses cuidados pode fazer toda a diferença.

3. Site responsivo

Segundo pesquisa da CETIC.br, hoje o acesso à internet por dispositivos mobile (smartphones e tablets) já superou o acesso por dispositivos fixos (computadores). Isso significa que é imprescindível que o site da sua empresa seja responsivo, quer dizer, que seja adequado tanto ao formato web quanto mobile.

Sites não responsivos perdem informação quando acessados pelos celulares e também acabam tendo um ranqueamento mais baixo nas buscas. Logo, essa precisa ser uma preocupação primordial no desenvolvimento da página da sua marca.

Com essas dicas já é possível trabalhar para a otimização do site do seu negócio e conseguir alcançar um melhor ranqueamento e tráfego orgânico. Claro que existem outras técnicas, principalmente voltadas para áreas mais específicas do site ou das redes sociais.

Por isso, veja também nosso artigo sobre como aumentar as visitas do seu blog!